top of page

O QUE É FAMÍLIA?


Agrupamento por parentesco, o qual dá afinidade às pessoas que convivem juntas.

Uma protege a outra em razão do sentimento de afeto, carinho e pertencimento ao grupo.


Simples assim.

.

A saúde mental de mães e pais está quase sempre em cheque por conta de lugares comuns, passados transgeracionalmente e culturalmente.

Cuidar de quem vive o período perinatal também passa por olhar para essas questões, acolhendo cada caso, sem generalizar o atendimento.

Ser filho, ser mãe, ser pai é muito mais que o que está posto.

É disso também que a perinatalidade fala.

.

É da família que eu quero falar.

Da família tradicional (patriarcal).

Passei a odiar esse termo.

Simplesmente porque é discriminatório e eu não tolero discriminação

Eu venho de uma família de pai, mãe e filhos, pais casados até hoje (há 45 anos, quase 46 e super apaixonados até hoje). Não tenho histórico de separações em minha família, nem de núcleos familiares diferente do que dizem “ser tradicional” bobagem

Mas... Na Constituição brasileira, a família é abrangente, pois considera diversas formas de organização baseadas na relação afetiva e na convivência.

.

E pra mim família é isso, quem assim desejar ser.


Porque o amor é amplo.

.

Num passado longínquo, o agrupamento em família ajudava na proteção dos indivíduos contra inimigos e também facilitava a caça e a coleta de alimentos.

Há tempos as configurações familiares se diferenciam do modelo tradicional.

Tornou-se cada vez mais comum a posição das mulheres como chefes de família, a diminuição do número de filhos, o aumento do divórcio, as uniões homoafetivas...

As famílias sempre foram plurais, são formas de convivência.

Temos a existência de famílias que vão desde uma pessoa, chamadas domicílio unipessoal, até famílias compostas por pessoas cujas relações não são fundadas na consanguinidade.

E não deixam de ser família.

.

Sempre foram plurais.

Sempre tivemos grupamentos.

Sempre tivemos divórcios.

Sempre tivemos pessoas morando sozinhas.


É no hoje que essa pluralidade está mais exacerbada do que costumávamos ver no passado.

Hoje é mais complicado estruturar uma família em todos os sentidos.



Os pais têm se dedicado mais ao sustento da família e estão ausentes na criação dos filhos. 

Estamos caminhando no sentido de reconhecer as diversas formas de ser e experimentar o mundo e, com isso, temos uma evolução dos direitos humanos e das liberdades individuais e a ampliação de alguns conceitos, tais como o de maternidade e paternidade. 

.

É necessário que o Estado proteja qualquer formação familiar, garantindo às pessoas que compõem as famílias, por mais diferentes que elas sejam, o direito à proteção.

respeito e a tolerância às diversas formações familiares são as bases para a garantia de um futuro melhor para a nossa sociedade.

.

O amor entre as pessoas pode ser a definição de família?

Os laços afetivos e a busca pela felicidade são os fatores que determinam o novo conceito de família.


Com a evolução do conceito de família, casar e procriar (filhos biológicos) deixam de ser a questão central.

Todas as relações que se baseiam no afeto, na convivência e no sentimento de união, tudo isso é família.

.

Família é uma organização de pessoas ligadas por laços de afinidade (e de sangue).

A família é aquela que traz, que convida e integra o sujeito no mundo.

A família é o lugar de significação e o primeiro lugar de normalização, onde aprendemos os primeiros conceitos, regras.




.

Dra Daniella Leiros 🌷 - fisioterapeuta, acupunturista e Terapeuta Parental

CREFITO 3-59546F


Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Instagram ícone social
  • Facebook Basic Square
bottom of page